Buscar

"É preciso que a gestão tenha planejamento", afirma Leonardo sobre transtornos causados pelas chuvas


Em pronunciamento realizado durante Sessão Ordinária, na Câmara Municipal de Maceió (CMM), na tarde desta quinta-feira (26), o vereador Leonardo Dias (PL) cobrou que o prefeito de Maceió, João Henrique Caldas (PSB) priorize a resolução dos problemas que mais têm causado transtornos aos cidadãos maceioenses.


As fortes chuvas que atingiram a capital alagoana desde o início da semana escancararam as inúmeras deficiências que Maceió possui em sua infraestrutura, como ruas alagadas, deslizamento de barreiras, quedas de árvores, danos em vias etc.


“Quando uma pessoa assume um cargo de gestão, precisa fazer um diagnóstico de todos os problemas que existem. Dentro desse diagnóstico, traçar metas daquilo que é prioritário, já que não se tem recursos suficientes para resolver todas estas adversidades. É preciso que a gestão tenha planejamento e prioridades., mas não temos visto isto por parte desta administração. Eu vi um vídeo em que a Praça do Skate está toda alagada, exceto o Skate Gigante. A população está andando com água batendo no meio das canelas e o skate segue bem protegido. Na orla, a gente vê ruas alagadas, mas a Cadeira Gigante está protegida. O Mercado da Produção, onde foi prometido que seria feito um shopping, a água bateu praticamente na bancada dos vendedores de frango. O que a gente nota é uma completa falta de gestão. Maceió não tem uma equipe para tratar o que é prioridade”, afirmou Dias.


O vereador criticou os excessivos gastos midiáticos que a gestão de João Henrique Caldas tem realizado, em detrimento de esforços para o pleno funcionamento de serviços que impactam diretamente na vida dos maceioenses. Dias relembrou o desperdício de recursos públicos com a pintura dos equipamentos pertencentes ao Município com as cores da atual administração.


“Eu me recordo de uma denúncia que fiz ao Ministério Público este ano sobre o uso das cores da administração em órgãos públicos. Existe uma lei que proíbe essa prática e protege o dinheiro público. O que vimos foi que todas as escolas, mesmo as que não têm condições de funcionamento, estão com seus muros pintados de laranja e de azul, em um completo desrespeito à lei. Quando eu faço uma denúncia, tenho o objetivo de proteger os recursos públicos. Fico feliz com a decisão do MP, que informou que foi dado um prazo de 120 dias para que a prefeitura possa se adequar. Agora imaginemos o quanto de dinheiro foi gasto para pintar de laranja e azul os prédios da administração pública, simplesmente por capricho. Sobra dinheiro para Skate Gigante, para a Cadeira Gigante, para pintar os muros das escolas, mas falta para pintar dentro das escolas”, complementou.


Leonardo Dias, por fim, cobrou que o prefeito possa reunir seu secretariado e buscar a prevenção de possíveis transtornos que as chuvas excessivas possam causar à cidade nos próximos anos. O vereador relembrou que a deficiência na infraestrutura, além de transtornos, pode causar doenças e mortes, como Maceió tem registrado ano a ano.


“Fica aqui o apelo para que o prefeito comece a se posicionar como um verdadeiro gestor do Município. Não dá para trabalhar e investir somente naquilo que é externo e que dá para tirar uma foto e postar no Instagram. Que sirva como lição para o prefeito, para que no próximo ano, na quadra chuvosa, a gente não tenha que chorar a morte de mais uma criança ou de mais um idoso. É isso que temos feito aqui durante esta legislatura e, o pior, sem nenhuma reação do Executivo para que coisas como essas deixem de acontecer”, finalizou.

0 visualização0 comentário