Buscar

Durante evento com Trade, Ministério da Economia endossa apoio ao PL do Marco da Liberdade Econômica


O vereador Leonardo Dias (PSD) participou, nesta sexta-feira (5), de uma reunião que discutiu melhorias para o setor turístico de Alagoas. O evento aconteceu no Hotel Ritz Lagoa da Anta, em Maceió, e contou com a presença do secretário Especial de Produtividade e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos Alexandre da Costa e de representantes do Trade Turístico.


Durante a reunião, foram apresentadas as ações do Governo Federal para desburocratizar e a desregulamentar a do país.


"Durante a reunião, o secretário do Ministério da Economia, apresentou um resumo de todas as ações do Governo Federal, no sentido de desburocratizar, desregulamentar e criar um meio mais propício ao negócio, além da criação de emprego e renda. Os empresários relataram as dificuldades no setor de energia elétrica, a escassez de voos e os valores das passagens aéreas", explicou o vereador.


No evento, o secretário aproveitou para destacar a importância do Projeto de Lei do Marco da Liberdade Econômica, de autoria do vereador Leonardo Dias. Na ocasião, Carlos Alexandre da Costa colocou o Ministério da Economia a disposição do edil e do setor produtivo maceioense.


"Foi importante o aceno do Governo Federal em favor ao Projeto de Lei da Marco da Liberdade Econômica. O PL tem recebido apoio do Trade Turístico e de outros setores da economia maceioense. O projeto tramita na Câmara Municipal de Maceió e será debatido em audiência pública, no dia 12 de novembro. Em conjunto com o Governo Federal, podemos melhorar a vida dos empreendedores e trabalhadores de Maceió, além de gerar emprego e renda", explicou o vereador.


Na reunião, representantes do Trade Turístico elogiaram os avanços que o Governo Federal tem promovido para melhorar a economia local.


"Os avanços do Governo Federal foram bem avaliados pelo setor econômico local. A iniciativa de passar a malha férrea para iniciativa privada irá facilitar o escoamento de açúcar e outros produtos. O Ministério da Economia se comprometeu também em dar maior agilidade na liberação de empreendimentos em áreas marinhas”, complementou Dias.

0 visualização0 comentário