Buscar

Leonardo Dias cobra da Prefeitura de Maceió funcionamento do mamógrafo do 2º Centro de Saúde


No Outubro Rosa, mês dedicado à conscientização pela saúde das mulheres, o vereador por Maceió Leonardo Dias (PSD), denunciou mais um caso de negligência na rede municipal de Saúde de Maceió. Desta vez, em relação ao aparelho de mamógrafo que deveria ser utilizado para exames. O equipamento encontra-se parado.


Leonardo Dias voltou à Unidade de Referência em Saúde Doutor Diógenes Jucá Bernardes, no bairro do Poço, para verificar a situação do equipamento. Em abril desse ano, o vereador esteve na mesma unidade e encontrou o mamógrafo desativado desde 2019.


Logo depois da primeira visita, o edil fez uma solicitação – por meio de indicação aprovada pela Câmara Municipal de Maceió, no dia 14 de abril – para que o aparelho fosse colocado em funcionamento. Porém, pelo que se constatou na mais recente visita de Dias à unidade, nessa segunda-feira (4) de outubro, o mamógrafo ainda não estava servindo à população.


"No mês de abril eu fui ao 2º Centro de Saúde, na Praça da Maravilha. Dentro de nossas fiscalizações, como eu tenho feito em vários ambientes públicos, encontramos um mamógrafo desativado e ele estava inutilizado desde 2019. Nós protocolamos e aprovamos uma indicação para o aparelho fosse reativado e colocado à disposição da população, mas ele continua sem operar. Quantas mulheres deveriam ter sido diagnosticada precocemente e hoje, talvez, estivessem com uma situação de saúde melhor", comentou o vereador.


Dias criticou a negligência da Prefeitura Municipal de Maceió com o dinheiro público. Segundo o vereador, é inconcebível que o Poder Executivo promova propagandas de conscientização contra o câncer de mama, mas mantenha sem funcionar os aparelhos que detectam a doença.


"Essa semana nós comemoramos o início do Outubro Rosa, que é comemorado há mais de 20 anos no Brasil. É um mês de conscientização para que as mulheres realizem exames de combate ao câncer de mama. A Prefeitura fez uma bela festa para comemorar o Outubro Rosa, mas é uma pena que muitas famílias não possam comemorar essa data da mesma forma. Fica o meu repúdio e peço novamente à Prefeitura que conserte o mamógrafo e o coloque para funcionar, para que mais mulheres não sejam vítimas da negligência e do mau uso do dinheiro público", finalizou.


4 visualizações0 comentário