Buscar

Leonardo Dias denuncia que Maceió perdeu sete creches por falta de agilidade da Prefeitura


O vereador Leonardo Dias denunciou, durante sessão ordinária na Câmara Municipal de Maceió (CMM), nesta quinta-feira (3), que a Prefeitura de Maceió pode perder a construção de 15 creches que foram oferecidas pelo Governo do Estado no mês de setembro. A perda pode ocorrer por conta da morosidade do Executivo municipal em responder a ofícios à pasta da Educação estadual para participar do programa CRIA.


Por conta da demora nas respostas, já foram perdidas sete unidades. Agora, estão sendo ofertadas ao município de Maceió oito creches, mas a Prefeitura de Maceió precisa apontar onde serão construídas, bem como fornecer as informações solicitadas pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc).


De acordo com Dias, a Seduc enviou em setembro um ofício à Secretaria Municipal de Educação (Semed) em que oferecia a construção de 15 creches na capital alagoana. Entretanto, até hoje, a Prefeitura de Maceió ainda não acenou com uma resposta com todas as informações solicitadas pelo Governo Estadual.


Hoje foi a quarta vez que Leonardo Dias cobrou da Prefeitura de Maceió uma resposta sobre a construção das creches. De acordo com o vereador, o Município tem um déficit de pelo menos 30 unidades.


“O Governo do Estado encaminhou um ofício à Prefeitura em 23 de setembro do ano passado e somente dois meses depois, o secretário Ivan Carvalho [Secretaria de Governo Municipal] respondeu positivamente. Em dezembro, o Governo Estadual encaminhou um novo ofício solicitando informações para inserir Maceió no planejamento e não obteve resposta”, explicou Dias.


O vereador revelou ainda que no mês passado, um novo ofício foi encaminhado à Prefeitura de Maceió para reforçar o pedido de informações para as construções das creches. Segundo Dias, até o presente momento, o Executivo Municipal ainda não forneceu as devidas informações.


“Na terça-feira passada, eu enviei um ofício questionando ao Governo de Alagoas se a Prefeitura teria respondido os ofícios e descobri que ainda não deram respostas. Soube ainda que atualmente existe a disponibilidade para a construção de oito creches. Inicialmente, eram 15, mas devido à demora em providenciar a documentação e a ausência de respostas, as creches foram destinadas a outros municípios que já demonstraram interesse e reuniram as documentações necessárias”, prosseguiu Dias.


“A administração do prefeito perdeu sete creches que poderiam estar a serviço da população e, se demorar mais, vai perder as outras oito que ainda estão sendo oferecidas. É difícil compreender que o Município de Maceió demore quase quatro meses para responder ao Estado, sendo que nós temos várias creches caindo aos pedaços. Todos os outros municípios responderam e só Maceió que teve essa dificuldade. Se fala em valorização da mulher, de que as mulheres precisam trabalhar, mas na hora de aceitar creches para as mulheres deixarem seus filhos para buscar o sustento, não se aceita os equipamentos que seriam construídos sem nenhum custo. Ou isso é picuinha política ou incompetência. Se Maceió tem pressa, essa pressa é bem diferente do que Maceió precisa”, finalizou o vereador.

0 visualização0 comentário