Buscar

Leonardo Dias solicita ao Ministério de Minas e Energia um novo estudo geológico em Bebedouro


O presidente da Comissão Especial Parlamentar dos Bairros em Afundamento de Solo (CEPBAS) da Câmara Municipal de Maceió (CMM), vereador Leonardo Dias (PSD), solicitou ao Governo Federal que seja realizado um novo estudo geológico por toda a extensão da Rua Marquês de Abrantes e também nas regiões dos Flexais de Cima e de Baixo, no bairro de Bebedouro.


O objetivo é saber a real situação dessas áreas e os riscos que existem. A ação faz parte dos trabalhos que Dias tem desenvolvido no comando da CEPBAS. O edil tem articulado, junto ao governo federal, uma frente que também envolve o Executivo municipal com foco também nas políticas sociais para atender as pessoas que ainda se encontram nessas regiões.


Para além das questões geológicas, há o fenômeno do “ilhamento social” dessas áreas, já que há regiões que não se encontram no mapa de risco. Com isso, pessoas permanecem nesses locais e ficaram sem equipamentos públicos e a devida atenção por parte dos poderes constituídos. Cobrar soluções tem sido uma das tarefas de Leonardo Dias na Comissão.


O ofício endereçado ao Ministério de Minas e Energia, nessa segunda-feira, reforça a necessidade do auxílio do Serviço Geológico do Brasil. Dias destaca a atenção que os órgãos federais estão tendo para o problema.


“Fizemos reuniões que foram importantes em Brasília e há uma preocupação por parte do governo federal em encontrar soluções conjuntas. Essa foi, por exemplo, a essência do mais recente encontro que tivemos, inclusive com a presença de representantes do poder público municipal. É preciso chamar atenção para essa área e compreender que estamos lidando com problemas não apenas geológicos, mas com tudo o que deriva disso e impacta na vida de muitos maceioenses. Unir forças é importantíssimo nesse momento. Se existe risco geológico, essas pessoas precisam sair. Se não existe, o Poder Público precisa devolver a dignidade dessas pessoas. Precisamos de respostas.”, colocou o vereador.


Dias ainda lembra que "o presidente Bolsonaro foi o primeiro político a falar sobre o problema do Pinheiro. É fundamental o envolvimento do Governo Federal para reduzir os danos sociais causados pela mineração. A comissão nasceu com essa missão, de ecoar a voz dos moradores dos bairros atingidos dentro das esferas de Poder. Diante disso, a reunião de hoje tem o objetivo de trazermos o Governo Federal para ser mais um agente das soluções que precisamos.", afirmou Leonardo Dias.

3 visualizações0 comentário