Buscar

PL aprovado de Leonardo Dias autoriza a criação de um espaço para a prática do Grau em Maceió


A Câmara Municipal de Maceió (CMM) aprovou, em primeira discussão, na tarde desta terça-feira (21), o Projeto de Lei de autoria do vereador Leonardo Dias (PSD) que autoriza a criação de um espaço destinado aos praticantes da modalidade esportiva do Wheeling, mais conhecida como Grau.


A matéria é uma cobrança antiga dos esportistas, que pedem um local seguro para que possam realizar a prática, que se dá com motocicletas.


Por essa razão, o Projeto de Lei foi construído com a ajuda dos praticantes do Grau. O edil entendeu que a criação da área incentivará o exercício seguro do esporte.


Por se tratar de um esporte radical, um espaço com estrutura segura é primordial para o crescimento da modalidade. De acordo com o vereador, pelas regras definidas pelo Projeto de Lei, o novo espaço deve atender a todos os padrões de prevenção de acidentes.


"Devido ao grau de dificuldade das manobras e ao perigo que elas podem causar se não forem executadas com perícia, sendo um esporte radical, tem-se a necessidade de sua regulamentação, uma vez que os praticantes ainda não têm local próprio para o esporte em nossa cidade e o praticam às vezes em vias públicas distantes e pouco movimentadas, o que é expressamente proibido pelo Código de Trânsito Brasileiro, além de trazer perigo às pessoas que eventualmente transitam pela região onde o esporte estiver sendo praticado", afirmou.


Leonardo Dias ainda complementa: "Por esta razão, a regulamentação por meio de Projeto de Lei visa dar condições adequadas para a prática do Grau, estabelecendo critérios para a sua prática, como a presença no local de corpo médico para primeiros socorros e ambulância, equipamentos de segurança para os praticantes e exigência de que a documentação, tanto dos veículos quanto dos praticantes, estejam em dia".


Com a aprovação em primeira discussão, a matéria retornará á Ordem do Dia na próxima sessão legislativa ordinária para ser aprovada em definitivo. Na sequência, a lei proposta segue para avaliação do Executivo. Caso sancionada, se tornará lei.

8 visualizações0 comentário